4 Fundamentos de Gestão para sua vida

4 Fundamentos de Gestão para sua vida

Nós devemos gerenciar os nossos planos e nossos sonhos como projetos, e devemos projetar a nossa vida para um período futuro de 5 anos, pois na grande maioria das vezes nos vivemos uma serie de dilemas na atualidade, em relação a vida profissional, de relacionamento ou de algum outro objetivo pessoal. Se tratando da área profissional, existe a cultura de que só seremos profissionais competentes e felizes se fizermos aquilo que gostamos, quando nem sempre funciona assim.

É importante delimitar o que fazemos como forma de renda, de sustento, e aquele projeto pessoal que temos para o futuro. A partir do momento que estabelecemos um projeto de vida, para nossos objetivos e sonhos, passamos a ver a situação de uma forma mais ampla, e passamos a focar naquilo que precisamos fazer para alcançar. Então, é importante estabelecer tudo, aquilo que temos como forma de renda, nossas paixões, sonhos, objetivos de vida, isso nos ajuda a ver sentido em nossas vidas, pois passamos a ter um roteiro a seguir, e tudo começa a fluir de forma harmônica.

 

1º Escopo

O primeiro fundamento é o escopo. Quando a gente vai definir o escopo de um projeto em nível empresarial, definimos tudo o que tem que ser feito e tão somente o que tem que ser feito. Então, que tipo de vida você quer ser daqui a um ano, definir seu escopo é fundamental, pois isso evita ao longo do ano você perder o foco fazendo aquilo que não estava no seu escopo, isso ajuda a gente a se manter focado naquilo que é importante. Com um escopo bem delimitado, todas essas informações ficam juntas e harmônicas e tudo que tem que ser feito, mas também tão somente que tem que ser feito vai estar delimitado no seu escopo.

Com o escopo delimitado, você tem todas as ações que você terá que fazer pra poder chegar daqui um ano e atingir os objetivos determinados. Cuidado com o excesso de metas, não estabeleça várias, e sim as mais importantes para as áreas da sua vida que você precisa dar uma focada nesse ano. Escolha áreas e pontos estratégicos da sua vida para você começar delimitar o seu escopo. Um exemplo é: imagina que você quer trocar de carro, então quando você for colocá-la no escopo pra você atingir seu objetivo, você vai ter que ganhar mais, arrumar fonte de renda extra, ou você vai ter que gastar menos para ajudar esse dinheiro, ou mesmo vai ter que fazer os dois ao mesmo tempo. Lembre-se da definição de escopo, tudo o que tem que ser feito e tão somente o que tem que ser feito. Quando a gente limita o “tão somente que tem que ser feito” toda vez que você age fazendo algo que não está presente no seu escopo você está perdendo tempo, energia e dinheiro.

 

2º Cronograma e 3º Orçamento

Então a gente tem que se limitar a aquilo que realmente nos levará aos objetivos pretendidos, e principalmente limitar qual o orçamento desse nosso projeto, o que é preciso para viver, o que eu preciso para investir para alcançar o objetivo. Depois eu tenho que definir um cronograma, porque existem ações que você tem que começar hoje, ações que você precisa começar amanhã, e tem ações que você precisa começar daqui a seis meses. Então sempre anote quanto, como e quando você pretende alcançar algo.

 

4º Qualidade

O quarto fundamento muito importante, antes de definirmos um projeto, é a questão da qualidade. No exemplo do carro, digamos que você queria comprar um carro por 30 mil reais, a escolha de um carro melhor ou pior com a mesma quantia será definido por você, ou seja, a qualidade do objetivo é você quem escolhe, então você também teve uma delimitação de qualidade.

Dependendo da qualidade daquilo que você vai definir para a sua vida, de alguns pontos específicos que você vai definir, isso impacta no orçamento e às vezes no tempo também, se é algo muito específico, como no caso de você querer fazer um curso que só ocorre uma vez por ano e acabou de acontecer em janeiro, então você só tem a possibilidade de fazer esse mesmo curso em janeiro do ano que vem. Então você tem que estar preparado pra tá fazendo a inscrição no momento certo, porque esse é o curso que você quer, não serve qualquer curso.

 

Concluindo…

A dica final para gerenciar um projeto, a qual você tem que ter absoluta atenção e que tem a ver com a falta de gerenciamento de vida é, antes de mais nada, definir todas a ações necessárias para atingir seus objetivos dentro do escopo, do cronograma, do orçamento e da qualidade. Depois, respeitar o seu objetivo dentro desses 4 fundamentos, evitando a procrastinação, reclamação, estagnação, pois isso pode afetar um ou mais pilares de gestão de sua vida.

No caso do cronograma, você irá atrasar os seus projetos, prolongando atingir os estabelecidos, no orçamento você acabará jogando dinheiro fora, gastando com coisas desnecessárias, a qualidade final também poderá ser afetada, e no escopo, o mais grave, você verá o tempo do projeto passar, e ao final irá perceber que não atingiu nenhuma meta estabelecida. Então, a falta de não ver a vida como um grande projeto, que precisa de metas estabelecidas para se alcançar tudo aquilo que se almeja, respeitando sempre o tempo, o escopo, a qualidade e orçamento, nos impede de viver felizes, com conquistas, sejam elas financeiras ou não.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *